Tipos de adubos orgânicos

Adubo orgânico

A adição de adubos orgânicos tem como objetivo melhorar as propriedades físicas do solo relacionadas à aeração, aumentando a capacidade de infiltração e retenção de água, atua na regulação da temperatura do solo, além de fornecer nutrientes para as plantas, sendo uma das principais fontes de micronutrientes para as plantas.

 ADUBOS ORGÂNICOS

Adubo orgânico

 

Os adubos orgânicos são provenientes da decomposição de excrementos de animais e restos de vegetais e animais mortos.

Relação de adubos orgânicos

Esterco de equinos, bovinos e aves – rico em nitrogênio

Farinha de ossos – rico em fósforo

Cinza de madeiras – rico em potássio

Farinha de peixe – rico em potássio

Torta de mamona – rico em nitrogênio

Compostagem – Nas florestas as folhas que caem, os restos de troncos, pedaços de galhos, os animais que morrem, as fezes e outros diferentes componentes naturais formam no solo um tapete em constante decomposição. Esta decomposição é devido à atividade de microrganismos como os fungos e as bactérias, e da macrofauna do solo como minhocas, besouros, cupins entre outros. O resultado deste processo, o húmus, será novamente reabsorvido pelo solo para gerar, mais uma vez, energia para realizar os processos de crescimento e desenvolvimento do vegetal.

Compostagem é um adubo orgânico que passa por um processo biológico de decomposição de matéria orgânica vegetal e animal, realizado pelo homem imitando a natureza. O composto orgânico é o material final deste processo, que quando usado, devolve ao solo dos jardins, hortas ou vasos, nutrientes que foram absorvidos pelas plantas da forma mais natural possível.

Aprenda a fazer a compostagem composto orgânico um dos adubos orgânicos e como aplicar nas plantas.

ADUBAÇÃO

Consideração que um solo fértil deve ter boas propriedades físicas e fornecer às plantas os nutrientes que dele são absorvidos, em quantidades balanceadas.

A matéria orgânica ( nutrientes ) do solo provém dos organismos vegetais e animais existentes no solo. Essa matéria orgânica é responsável pelos efeitos diretos sobre as propriedades físicas dos solos. Esses efeitos se expressam na redução da compactação, melhoria da agregação, aeração e drenagem, aumento da capacidade de retenção de água; e nas propriedades químicas do solo atuando como fornecedor de nurientes para as plantas.

Portanto a adubação visa adicionar ao solo os nutrientes que lhe faltam para proporcionar o melhor desenvolvimento das plantas. As adubações visam tanto corrigir deficiências naturais ( identificadas na análise do solo ) como compensar os nutrientes que são removidos pelas próprias plantas.

1 Comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*